quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Cantina da Massa

Oi gente!
Domingo passado me deu vontade de comer um filé a parmigiana bem gostoso :-).
Há um bom tempo, fiz uma pequena seleção e dizia que, em Brasília, o melhor filé a parmigiana era o da Cantina da Massa. Havia tanto tempo que eu não voltava a esse restaurante que resolvemos trocar o Dona Lenha por ele, para conferir se realmente a minha impressão iria continuar.
Chegamos por volta das 14h. Meu marido escolheu um fettuccini com um molho de iscas de filé (esqueci o nome desse molho). Eu, claro, fui lá para isso, então não podia deixar de pedir o filé a parmigiana.
Quando se pede uma carne, pode-se escolher dois acompanhamentos ou um, se for massa ou risoto. Mesmo sabendo que não combinava, eu queria comer nhoque (adoro). Pensei, pensei e decidi por um molho que vem com champignon e pedaços de tomate. Achei que seria o mais leve entre os molhos (não gosto de alho e óleo e o de quatro queijos ficaria muito pesado), o melhorzinho para acompanhar a estrela do almoço, que era o filé a parmigiana.
Veja a fotinho:


Gente!
O filé estava uma delícia!!! Super macio, com o molho de tomate muito saboroso e o queijinho gratinado perfeito. Adorei cada garfada!
Tinha dito para o meu marido que daria um pedaço do meu filé para ele, pois o prato era grande, mas não dei nada :-) Comi absolutamente tudo e pensando: "Continua no topo da minha lista" :-).
Mas a massa realmente não combinou nada. Era melhor eu ter pedido um arroz branco. Comia as duas coisas separadamente, pois o molho do nhoque sobressaía, atrapalhando a degustação do filé.
Senti falta de um molhinho mais leve para optar por massa como acompanhamento do filé a parmigiana. Como não gosto de alho e óleo, sobrava o quatro queijos, para escolher molho que não fosse de tomate como o da carne.
Meu marido gostou do prato dele.
Pedi um Álamos Malbec em taça para acompanhar. Bem gostosinho.
Das vezes em que fui ao Cantina da Massa, fiquei super satisfeita mesmo com o filé a parmigiana. Acho diferenciado, um prato que vale a pena. A carne sempre muito macia, o molho bem saboroso, com queijinho de muito boa qualidade.
Quanto às massas que já experimentei, bem... são boas. Ainda não consegui me apaixonar por nenhuma opção.
Acho os vinhos caros. Há poucas opções de garrafas abaixo de R$ 80,00. A taça de Álamos que eu pedi custou R$ 23,00. Já tomei a garrafa desse vinho por R$ 53,00 na Capodano, que eu adoro. Enfim...
O prato do meu marido custou R$ 38,00 e o meu filé a parmigiana, R$59,00.
É isso! Até o momento, o filé a parmigiana do Cantina da Massa continua no topo da listinha no meu coração :-).
Até!

2 comentários: