terça-feira, 30 de abril de 2013

In The Garden

Oi gente!
Já falei do In The Garden aqui. Uma creperia na asa norte que serve as tradicionais galettes (nosso conhecido crepe salgado) bretãs e crepes (no Brasil, crepe doce). As galettes, na França, são feitas com trigo sarraceno, que tem um gostinho característico, mais forte do que a farinha de trigo utilizada por aqui. Algumas pessoas podem estranhar no início, mas devo dizer que eu simplesmente amo. Dá para comer a massa pura :-)
Já fui diversas vezes no In The Garden. Dá uma certa preguicinha, pois do Sudoeste ao final da Asa Norte é meio longe (sei, sei... sou mal acostumada e exagerada :-), mas depois de conhecer esse lugar, não gosto de mais nenhum crepe, só quero ir lá. Meu marido, que nunca se anima muito quando o assunto é crepe, adora o In The Garden. Só pensa em sair para comer crepe se for lá. Então, vez ou outra, fazemos uma visita e experimentamos um sabor diferente.
Na semana passada estivemos por lá.
Ele repetiu o de quatro queijos e eu arrisquei experimentar algo que, para mim, não é lá muito convencional, o com recheio de batata, queijo raclette e presunto de parma (estranho né? batata no crepe...). Sem surpresas. Como todos os outros sabores que já experimentei, estava delicioso :-) No entanto, confesso que prefiro os recheios com shimeji, queijo de cabra, salmão defumado... hum... :-) Estou viciada em queijo de cabra :-) Enfim, gostei muito do último recheio, mas os outros me encantam mais.
Gente, infelizmente não tirei fotinho das comidinhas, pois meu belo celular não tem flash, então fica muito escuro, mas faça de conta que a seguinte foto é de lá:


Essa eu peguei emprestada no Conexão Paris em um post sobre a melhor creperia de Paris, mas a aparência é igual :-)
Se não me engano, as duas galettes tinham o mesmo preço, R$ 19,00.
Meu marido tomou duas cervejinhas (que não me lembro o valor) e eu pedi uma taça do vinho branco  Argento (chardonnay) a R$ 13,00. Estava gostoso. Devo comentar, no entanto, que prefiro o Argento Malbec. É mais saboroso, estruturado, tendo um custo-benefício muito bom.
Para finalizar, não podíamos deixar de pedir a sobremesa. É um absurdo ir ao In The Garden e não aproveitar tudo o que eles oferecem :-) E tenho que dizer que os crepes doces são "uma coisa" maravilhosa :-)
Já provei alguns, mas o que mais gostei até o momento é um bem simples, o Caramel Breton. É a massa do crepe (o doce é feito com farinha de trigo mesmo) dobrada ao meio com calda de caramelo caseiro, acompanhado de uma bola de sorvete.
Gente! Como diria uma querida ex-chefe, "é de comer de joelhos" :-) Não sei explicar o que tem de tão bom em algo que parece simples, mas só posso dizer que é perfeito.
Delícia!
O In The Garden fica na CLN 413, bloco E, loja 17.
Até!


3 comentários:

  1. Eu sei bem a preguiça de que dá de sair das redondezas do sudoeste pra ir ao final da Asa Norte. Morro de preguiça e por isso faz um século q não vou ao In The Garden...um pecado, na verdade! Essa foto da melhor creperia de Paris atesta que o local vale muito a pena!!!
    Beijocas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :-) Em resumo, AMO o In The Garden :-)

      Excluir
  2. Sem dúvida um dos lugares mais interessantes de bsb!

    ResponderExcluir